Onde depositar a sua confiança para o compliance em KYC?

O processo de validação de proponentes era descentralizado há até pouco tempo, mas a iminência de tecnologias para o cumprimento de regulamentações de compliance provocou uma transformação radical nesse sentido. Com isso, o compliance em KYC (Know Your Customer, ou “Conheça Seu Cliente”) tornou-se uma parte integrante do dia a dia das empresas.

Mas ter acesso às melhores e mais inovadoras tecnologias, contar com suporte altamente capacitado e elaborar as estratégias de compliance mais eficientes não é algo que sua empresa vai conquistar sozinha.

Nesse contexto, apresentamos a seguir os principais pontos e desafios que reforçam a importância de saber exatamente por que depositar a sua confiança em quem entende de compliance. Continue a leitura e conheça seu cliente!

Por que contar com uma empresa especializada?

Tradicionalmente, organizações confiam em metodologias e sistemas inadequados e ineficientes para solicitar, capturar e coletar dados fundamentais de seus clientes. Assim, cada uma delas é disseminada entre linhas descentralizadas de negócio, além de serem submetidas a procedimentos de análise de risco, campanhas de marketing e compliances com regulamentações específicas.

O problema é que, de acordo com o nível de diligência exigido pelas organizações, essas informações frequentemente se tornam obsoletas, tendenciosas e limitadas.

Na última década, o volume, a disponibilidade e a qualidade de dados cresceu muito rapidamente. Isso fez com que a capacidade de coleta e gerenciamento das informações dos usuários ficasse ultrapassada em relação à análise comportamental e à atualização.

Bancos e outras instituições financeiras são bastante prejudicadas por isso, já que o número de violações regulatórias registradas também não para de crescer. Isso faz com que a regulamentação seja categórica no vigor de normatizações, a fim de garantir a seguridade do processo de KYC.

Quais são os desafios de compliance em KYC enfrentados pelas empresas?

Alguns pontos específicos ilustram a dificuldade de as companhias lidarem com o compliance em KYC, especialmente sem o trabalho de uma empresa especializada. Veja quais são esses desafios!

1. Descentralização dos dados dos clientes

Muitos bancos não têm uma visão única e inteligível de seu cliente. Tradicionalmente, os dados necessários para que você conheça seu cliente são gerenciados de forma altamente descentralizada e redundante entre os negócios multifuncionais da organização.

Diante desse cenário, um programa de compliance bem sucedido precisa ser capaz de identificar os clientes de maneira unificada dentro de cada matriz de serviços e produtos da organização.

2. Gargalos e incoerências frequentes

Quando a consolidação dos dados para KYC é feita em sistemas inadequados, as informações tornam-se cada vez mais obsoletas. Isso faz com que complicações apareçam de maneira frequente.

É o caso, por exemplo, da utilização de metodologias como Big Data para seguir esse tipo de processo regulatório. As informações colhidas ali podem não ser capturadas em tempo real e, portanto, levam a incoerências no processo de validação de dados e, consequentemente, a um esforço maior e a gastos desnecessários de tempo e dinheiro.

Apesar de muitos players do mercado financeiro se esforçarem para consolidar essa imensidão de dados, garantir a veracidade por meio de um sistema de checagem em tempo real assegura que a validação deles acontece de forma acurada e precisa.

3. Falta de conhecimento sobre KYC

Apesar da importância do processo, as organizações ainda têm um vácuo substancial nas informações para KYC.

O método primário de coleta de dados acontece durante o onboarding, quando o usuário se submete a um determinado serviço ou produto. Embasar padrões do cliente frente a informações ultrapassadas e obsoletas é uma ameaça à acuracidade dos sistemas de bases de dados, o que pode impactar sua habilidade de identificar atividades suspeitas.

A modernização do processo de coleta de dados para KYC requer um esforço concreto interno para que a empresa conquiste uma vantagem competitiva. Com isso, suas informações podem ser utilizadas para enriquecer a qualidade dos processos regulatórios, além de otimizar o uso de tempo e recursos financeiros. O resultado é um onboarding mais robusto, eficaz e confiável.

Pronto para tomar o próximo passo na busca pela otimização do compliance em KYC? Visite o site da IDwall e conheça nossos produtos!

Loading Facebook Comments ...