Home Outros 96% dos consumidores brasileiros querem ter mais controle sobre seus dados pessoais

96% dos consumidores brasileiros querem ter mais controle sobre seus dados pessoais

by Mariana González
dados-pessoais

Um estudo global realizado pela IBM identificou que 96% dos consumidores brasileiros desejam ter mais controle sobre seus dados pessoais — para eles, as organizações deveriam ter mais medidas para protegê-los nesse sentido.

A pesquisa comprovou, portanto, a insatisfação crescente com a falta de transparência e segurança quando o assunto é privacidade de dados pessoais. Para o estudo, a IBM ouviu 11 mil pessoas espalhadas em 11 países diferentes. Continue a leitura para saber mais.

Pesquisa avaliou legislação e percepção sobre privacidade de dados pessoais

A IBM avaliou a percepção dos consumidores sobre a coleta e tratamento de seus dados pessoais por parte das organizações, em um contexto de discussões frequentes sobre vazamentos de dados e consentimento do titular. Não é à toa, afinal, que as legislações sobre o tema também crescem — a Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor no Brasil em agosto deste ano, enquanto a europeia General Data Protection Regulation está em vigência na União Europeia desde o primeiro semestre de 2019.

Dentre as descobertas do estudo, destaca-se o fato de que mais de dois terços dos entrevistados em todos os 11 países concordam que os consumidores não têm nenhum controle sobre como seus dados pessoais são utilizados pelas empresas. No Brasil, 6 em cada 10 participantes declararam que já foram vítimas de um vazamento de dados ou que conhecem alguém que tenha sido.

Os dados pessoais que mais preocupam os consumidores

Segundo a pesquisa da IBM, os brasileiros se preocupam com um possível vazamento ou comprometimento dos seguintes tipos de dados:

  • informações do cartão de crédito (87%);
  • e-mails pessoais (61%);
  • histórico médico (42%);
  • mensagens privadas de aplicativos de namoro (66%);
  • mensagens de texto (WhatsApp, Snapchat, iMessage, Instagram) (66%);
  • imagens compartilhadas nas redes sociais (57%);
  • localização e histórico geográfico (40%);
  • histórico de mecanismos de pesquisa, como o Google (33%).

Para deixar sua empresa pronta para as tendências na área de proteção de dados pessoais que estão por vir ou que já se mostram presentes na área, é fundamental contar com fornecedores capazes de atender a todas as regulamentações que atingem seu setor. A idwall acompanha as mudanças regulatórias do mercado e garante o compliance de acordo com as suas regras de negócio. Entre em contato pelo formulário abaixo para saber mais sobre nossas soluções de Background Check, biometria facial e leitura automatizada de documentos:

Related Posts

Loading Facebook Comments ...