Home OutrosBackground Check Frota própria ou frota terceirizada?

Frota própria ou frota terceirizada?

by Karina Menezes
frota-propria-ou-terceirizada-qual-e-a-melhor-opcao

Um dos principais dilemas que passam pela cabeça dos gestores de frota é optar entre uma frota própria ou terceirizada. Essa escolha envolve, principalmente, aspectos financeiros, mas também leva em consideração o modelo de negócio, o tipo de relacionamento que se deseja manter com os colaboradores e o quanto a autonomia (ou a falta dela) pode impactar nos resultados da empresa. 

Além de todas essas dúvidas, uma outra questão assombra as empresas de transporte: como fazer essa escolha? Neste post, explicaremos cada uma das opções, as suas vantagens e desvantagens, mostrando o caminho que pode levar o seu negócio a tomar decisão mais adequada. 

Frota própria: por que utilizar? 

A frota própria acaba sendo escolhida por empresas que terem ter controle sobre a sua operação de ponta a ponta, desde a escolha de motoristas até a hora de traçar as rotas. 

Veja alguns dos benefícios e desvantagens desse tipo de frota: 

Centralização de processos

Optar pela frota própria faz com que os processos estejam todos concentrados em um só lugar, facilitado a gestão de ponta a ponta desde a compra de veículos e a contratação de motoristas. Isso garante mais autonomia no processo de decisão, especialmente porque todos os dados estarão integrados nos própios sistemas da empresa.

Manter todas as atividades sob o controle da sua empresa também pode oferecer mais dinamismo no cumprimento de tarefas ou até mesmo na resolução de problemas, garantindo a agilidade e a confiabilidade necessárias para a satisfação do cliente. 

Um outro resultado da centralização de processos é que você vai ter uma visão detalhada dos serviços e dos profissionais da sua empresa, facilitando o acompanhamento de métricas de sucesso e a implementação de melhorias quando necessário. 

Autonomia e tomada de decisão facilitada

Manter uma frota própria oferece mais autonomia para a resolução de problemas, facilitando a tomada de decisão dos gestores. Também fica mais fácil fazer alterações de rota, estabelecer comunicação direta com os motoristas e ainda ter informações suficientes para embasar casos que pedem uma mudança rápida de estratégia.

Economia a longo prazo 

Para empresas que buscam economia a longo prazo, a frota própria pode ser a melhor opção a se considerar. Isso porque é mais fácil estabelecer um cronograma com horários, carga de trabalho e fechar as rotas com os motoristas, abrindo margem para agir em caso de imprevistos (e sem grandes baques financeiros).

Por que usar frota própria pode não ser uma boa opção? 

Como todas as escolhas também têm o seu lado negativo, listamos os motivos pelos quais uma frota própria pode ser prejudicial para a sua empresa. 

Aumento de gastos

Uma frota própria aumenta gastos com itens como impostos, manutenção de veículos, seguros, possíveis multas e, ainda, espaço para alocação dos veículos. 

Para empresas que buscam otimização e redução de custos a curto prazo, esta pode não ser a melhor alternativa. Em serviços de entrega, por exemplo, o alto número de despesas internas pode ser refletido no preço no frete. 

Manutenção de veículos

Caso opte pela frota própria, a sua empresa deve se preocupar em fazer manutenções constantes para identificar possíveis problemas e necessidade de reparo, assim como em casos onde há acidentes com danificação do veículo. 

Isso significa pensar em profissionais ou empresas qualificadas para realizar as devidas adequações em curto espaço de tempo para reduzir a porcentagem de frota parada. 

Frota terceirizada: por que devo escolher esta opção? 

Optar pela frota terceirizada pode trazer uma certa estabilidade financeira, já que todos os gastos são previstos em contrato, trazendo poucas surpresas para a sua empresa. Agora, vamos falar sobre as vantagens e desvantagens de escolher esta opção para o seu negócio. 

Redução de custos

A frota terceirizada pode ser escolhida com o propósito de redução de custos, abrindo espaço para que a sua empresa foque em sua atividade principal. Além disso, você pode buscar entre os preços mais competitivos do mercado para escolher aquele que melhor se adequa à sua realidade financeira hoje. 

Essa possibilidade também permite que você distribua melhor os custos de acordo com o peso do produto e a distância, já que são múltiplas cargas com destinos e origens diferentes. 

Abertura para focar em outras etapas complementares ao processo de entrega

Com a frota terceirizada, o tempo que seria gasto caso o seu negócio optasse por veículos próprios é direcionado a outras etapas que são complementares ao processo de entrega, como a acomodação das mercadorias – caso haja – dentro do veículo, ou ainda a checagem das condições de transporte de produtos especiais ou de alto risco. 

Maior produtividade

Outros benefícios que a frota terceirizada pode trazer são relacionados ao preço, à velocidade na realização do serviço e consequente satisfação do consumidor final, que pode ser monitorada com mais atenção pela sua empresa. 

O ganho de produtividade também pode ser percebido a partir do momento em que a sua empresa não precisa se preocupar com a parte operacional do serviço, cabendo a ela somente a supervisão para que tudo aconteça dentro do previsto. 

Por que a frota terceirizada pode não ser a melhor opção para o meu negócio?

Abaixo, explicamos os motivos pelos quais uma frota terceirizada pode não ser a melhor opção para a sua empresa, dependendo do momento em que ela se encontra e seus objetivos.

Desorganização na entrega do serviço ou produto

Nesses casos, muitas vezes, as organizações ficam dependentes das agendas de motoristas terceirizados. Atrasos costumam ser frequentes, gerando insatisfação por parte do consumidor final, e essa situação pode se agravar  em datas comemorativas onde o volume de compras é maior, como a Black Friday.

Redução de autonomia sobre a  operação

Com a terceirização, grande parte da responsabilidade sobre a execução da operação é transferida para a empresa contratada, cabendo à contratante o papel de fiscalização. Para evitar prejuízos decorrentes da perda de autonomia e visibilidade de todo o processo, a empresa contratante deve estabelecer em contrato normas rígidas que garantam a qualidade e a legalidade do serviço. 

Quando devo escolher a frota própria ou terceirizada?

Como já mencionamos, essa escolha passa tanto pela avaliação dos recursos financeiros disponíveis quanto do momento em que a sua empresa se encontra e do modelo de negócio. Geralmente, empresas que buscam escalar com mais agilidade, enxugando custos e focando em questões estratégicas acabam optando pela frota terceirizada. 

Já as empresas maiores e mais estruturadas financeiramente podem aderir com mais facilidade à frota própria, especialmente se tiverem em seu catálogo a oferta de serviços mais específicos, como serviços de entrega 24h.

Como manter a segurança da frota

Não importa se a sua empresa trabalha com a frota própria ou com a frota terceirizada: um dos passos mais importantes para manter a segurança consiste na identificação adequada dos motoristas, passo muito importante também para manter o compliance com as regulamentações necessárias relacionadas ao mercado de transporte.

Com a validação de identidade e CNH, é possível checar informações como a situação cadastral, processos, multas e validade da carteira. Para saber mais, entre em contato com os nossos especialistas por meio do formulário abaixo:

Related Posts

Loading Facebook Comments ...