Home OutrosMercado Financeiro Desenvolvimentos tecnológicos dos bancos: quais as tendências para 2022? Confira os highlights do 3º dia de Febraban Tech
desenvolvimentos tecnologicos dos bancos

Desenvolvimentos tecnológicos dos bancos: quais as tendências para 2022? Confira os highlights do 3º dia de Febraban Tech

by mariliabafutto

O 3º dia de Febraban Tech, realizado nesta quinta-feira, contou com painéis que apresentaram pesquisas acerca de investimentos e desenvolvimentos tecnológicos dos bancos, realizada pela Deloitte em parceria com a Febraban.

Continue a leitura para saber quais foram os insights que essas pesquisas trouxeram para os maiores profissionais do mercado financeiro e o que esperar de tendências nos desenvolvimentos tecnológicos dos bancos! 

Tecnologia bancária: cibersegurança, IA e Open Finance ditam investimentos

Sergio Biagini, Líder da Indústria de Serviços Financeiros da Deloitte, foi o responsável pela condução e apresentação da pesquisa no evento. A pesquisa aponta quais são as prioridades que estão no topo da agenda da indústria. Que os bancos e as instituições financeiras estão investindo de forma crescente em novas tecnologias e cibersegurança não é uma novidade.

As tecnologias bancárias mais destacadas como foco de investimentos foram: inteligência artificial, automação, cloud, open finance e transformação da T.I. De acordo com Biagini, I.A, automação e cloud já eram prioridade nas instituições financeiras que agora estarão voltadas em estruturar o Open Finance nas suas empresas, na segurança cibernética com foco, também, na privacidade de dados. 

Inteligência Artificial 

A pesquisa revela que a inteligência artificial já vem sendo adotada por 78% dos bancos e sua aplicação varia entre chatbots, com foco na otimização do atendimento, RPA, inteligência cognitiva, biometria facial, robô advisor, user interface e biometria por voz. 

A tendência aqui é que os bancos apliquem cada vez mais a tecnologia de inteligência artificial em seus processos para aconselhamento, além da automação, aprimorando a experiência do usuário e a eficiência nos processos bancários.

Estevão Lazanha, Diretor de Tecnologia do Itaú Unibanco, comenta que “Cada vez mais precisamos colocar o aconselhamento na ponta, na simulação e a IA pode ajudar demais nessa parte do advising. O futuro dos serviços financeiros não é transacional, o futuro é o mundo do aconselhamento.”

Como destaque dentre as utilizações de I.A a biometria facial está em 4ª lugar na ordem de utilização apontada pelos bancos. Essas soluções são essenciais no combate e prevenção a fraudes nas instituições financeiras e um método de autenticação eficaz.

Cloud

Soluções em nuvem, além de abordadas na pesquisa, foi um tema muito debatido no Febraban Tech 2022, por trazer inúmeros benefícios às instituições financeiras como agilidade em testes de novos produtos e serviços e escalabilidade para lidar com o volume alto de dados e grande fluxo de informações presentes nessas instituições, como exemplo. 

Para os bancos e instituições financeiras que já foram criados com sua infraestrutura nativa em cloud, o foco é a modernização e a orquestração. Bancos que estão migrando sua infraestrutura para cloud ou estudando essa mudança, terão essa atividade como foco em 2022. 

Rodrigo Mulinari, Diretor de Tecnologia do Banco do Brasil e Diretor do Comitê de Inovação e Tecnologia da Febraban, comenta que para os bancos que estão levando parte do seu core para cloud, “é uma oferta de serviço muito grande por parte de saas, cloud hibrida, cloud privada” sendo uma grande oportunidade de negócios a se explorar. 

Cibersegurança

Com o objetivo de construir experiências cada vez melhores e mais seguras para os usuários, os bancos já vem investindo em tecnologias de onboarding que otimizem principalmente o cadastro. 

Pela primeira vez os canais digitais ultrapassam os canais físicos na abertura de contas, portanto, o onboarding prioritário dos clientes está no canal digital, e principalmente no mobile. A pesquisa revela que o mobile banking e internet banking tiveram destaque no canal com maior número de contas correntes abertas em 2021, chegando a 10,8 milhões. 

Entretanto, nos últimos anos com o avanço da transformação digital bancária, as fraudes, golpes e ataques cibernéticos se tornaram mais frequentes principalmente a essas instituições. 

Tendo em vista esse fato, com o objetivo de melhorar a segurança nessas operações, a pesquisa revela que “54% dos bancos estão aumentando os investimentos na infraestrutura tecnológica, 50% elegeram para este ano a gestão de identidade e acessos entre suas ações 42%, as tecnologias de prevenção de ameaças cibernéticas”

Falando de segurança e formas de auxiliar no combate e prevenção de ataques, Rodrigo comenta ainda que “a adesão muito grande dos canais digitais, trouxe muita gente que teve seu primeiro contato com canais digitais no último ano, portanto é necessário ensinar essas pessoas e transmitir conhecimento.”

Open Finance

Sobre o Open Finance, Estevão Lazanha, Diretor de Tecnologia do Itaú Unibanco, comenta no painel que “Open Finance abre uma nova fronteira, passa a trazer mais informações. A partir desse contexto, o algoritmo consegue dizer qual o next best action ou next best option para servir com altíssima customização a expectativa dos clientes.”

A pesquisa revela que no que diz respeito ao Open Finance, os bancos e as instituições financeiras já estão se preparando desde o início da sua implementação em fevereiro de 2021. 

Para 2022, a tendência de desenvolvimentos tecnológicos dos bancos é de que primeiro foquem em estruturar com tecnologia a sua infraestrutura, revejam os processos internos de gerenciamento de riscos, padronizar as informações por meio de analytics, foquem na segurança dos dados dos clientes e na segurança e incentivo do compartilhamento desses dados pelos usuários. 

Novos talentos e equipes especializadas 

Com os desenvolvimentos tecnológicos dos bancos acontecendo de forma rápida, com modelos de negócios financeiros cada vez mais complexos, o mercado financeiro se deparou com uma alta demanda por profissionais qualificados. Portanto, os investimentos em talentos, especialização em novas tecnologias, desenvolvimentos e treinamentos são foco dessas instituições para 2022. 

EM BREVE! Fique de olho que, nos próximos dias, vamos divulgar um playbook com todos os conteúdos da Febraban Tech. Para receber a cobertura completa com o material 100% gratuito, assine a nossa newsletter!

Related Posts

Loading Facebook Comments ...