Home OutrosIdentidade Onboarding digital: tenha perfis fortes de clientes e evite fraudes

Onboarding digital: tenha perfis fortes de clientes e evite fraudes

by Laís Costa
Onboarding digital

Onboarding digital nada mais é que o conjunto de operações que permite a entrada e validação de dados de novos clientes e parceiros. É nesta etapa que acontece a identificação do usuário, em que a partir de diferentes soluções digitais, os documentos enviados por ele são extraídos e validados para verificar se existe fraude ou não. 

Muitas empresas já aderiram ao onboarding digital antes mesmo da pandemia, mas, devido ao momento, companhias que até então não utilizavam deste método, pegaram carona na transformação digital acelerada e implementaram o onboarding em seus processos, produtos e serviços. 

Porém, além da experiência do cliente, é preciso, também, ficar de olho na segurança do processo de onboarding digital. Segundo o Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa Experian, entre setembro de 2020 e setembro de 2021, tentativas de fraudes cresceram em 22% no Brasil – totalizando 3,1 milhões de ataques, em que a maioria o alvo foram bancos e cartões de crédito (57%). 

Diante desse levantamento, é importante que as empresas construam perfis fortes no onboarding digital para que seus clientes estejam protegidos de qualquer ataque. Continue a leitura e saiba os principais pontos de atenção para evitar fraudes. 

Dobre a segurança no processo de onboarding digital

Além de pensar na experiência do cliente durante o onboarding, é preciso garantir o máximo de segurança durante cada etapa, de modo a evitar riscos e prejuízos à empresa. Um onboarding de usuários pode prevenir que criminosos e pessoas mal intencionadas acessem os serviços da empresa para cometer crimes, aplicar golpes e fraudes

Para reduzir essas operações ilícitas, o processo de cadastramento dentro do onboarding digital é o primeiro contato entre empresa e cliente. Essa etapa é responsável por identificar quem são os usuários que a companhia irá se relacionar e verificar a idoneidade desses clientes, e se estão de acordo com as regulamentações do setor de mercado da empresa.

Assim, é possível identificar em uma primeira fase possíveis fraudadores, clientes inadimplentes e até mesmo pessoas envolvidas em esquemas criminosos que podem causar prejuízos ao negócio no futuro. 

Conte com recursos que tornam o perfil do cliente mais forte

Para construir um perfil de cliente forte e evitar possíveis fraudes, é preciso que as empresas apostem em soluções tecnológicas que ajudem na verificação da identidade dos usuários desde a etapa de cadastramento citado acima, pois assim irá impedir um primeiro acesso de golpistas a produtos e serviços. 

Dentro do onboarding digital, há diferentes recursos que ajudam a aumentar o nível de proteção e, consequentemente, dando força ao perfil do usuário. 

  1. OCR

O OCR (Optical Character Recognition – ou, em livre tradução, Reconhecimento Óptico de Caracteres) é uma tecnologia que extrai automaticamente todos os dados de um documento e transforma em texto, e a partir de uma foto, consegue captar as informações contidas em documentos, como RG, CPF ou CNH. 

Nesse módulo do onboarding digital, as empresas ganham mais agilidade, já que não é necessário a aplicação de formulários para obter dados de identidade de forma manual.

  1. Background check

A partir dos dados extraídos dos documentos do cliente, a ferramenta de background check irá consultar diferentes bases – tanto públicas quanto privadas – com o objetivo de verificar as informações fornecidas pelo cliente, como, por exemplo se possui alguma irregularidade na justiça antes de aprovar ou reprovar o seu cadastro

Há diferentes checagens para evitar fraudes de identidade, mas cada empresa deve escolher a que faz mais sentido de acordo com o segmento do seu negócio. 

  1. Biometria Facial

A biometria facial é uma solução usada para identificar um indivíduo. Cada vez mais tem sido adotada no onboarding, pois verifica de maneira rápida se o cliente que está usando um serviço é o mesmo que fez o cadastro. Dentro do onboarding, o processo é feito a partir de uma foto em tempo real comparada com a enviada no documento. 

Para dobrar a segurança do processo, pode ser acrescentada a prova de vida durante a verificação. A prova de vida – ou Liveness – solicita que o usuário se posicione na câmera para garantir que o usuário é realmente quem diz ser. Quando o liveness ativo é usado,  deve-se, ainda, fazer algum movimento, que, a partir de uma inteligência artificial, é detectado se o usuário é genuíno e não está enviando uma foto da foto, por exemplo. 

Todas essas soluções juntas, além de ajudar na construção de um perfil forte ao cliente, auxiliam empresas a ter um processo eficiente e ágil no dia a dia. A idwall conta com tecnologia que auxilia as empresas em todas as etapas do onboarding digital. Se você deseja saber mais tudo que podemos oferecer para ajudar a sua instituição no processo de onboarding, preencha o formulário abaixo. 

Related Posts

Loading Facebook Comments ...