Home OutrosTransporte LogTechs: como as tecnologias estão revolucionando o mercado de logística

LogTechs: como as tecnologias estão revolucionando o mercado de logística

by mariliabafutto
logtechs

As logtechs são empresas de tecnologia que atuam no setor logístico com o objetivo de facilitar, otimizar e automatizar inúmeras atividades e processos do segmento. Nos últimos anos, as logtechs ganharam espaço no mercado, frente a pandemia, pela alta demanda online de produtos e serviços que envolvem o segmento de logística. 

Seja para atividades que envolvem entregas de compras realizadas online ou até mesmo o transporte de cargas complexas pelo país, as logtechs inovaram nesse cenário com soluções que buscam resolver os problemas e desafios da área que impactam todo o mercado brasileiro. 

Em 2020, de acordo com o relatório da Distrito, Distrito LogTech Report, nos primeiros meses do ano, as logtechs atraíram aproximadamente US$ 187,6 milhões em aportes. Antes mesmo da pandemia, a área de logística e transporte já era muito demandada, principalmente no Brasil – em que a modalidade de transporte rodoviário lidera o transporte de cargas. 

O avanço da transformação digital impulsionou a inovação em todos os segmentos, continue a leitura para entender como a tecnologia das logtechs estão revolucionando o mercado de logística!

O que é uma LogTech? 

Podemos definir as logtechs como empresas emergentes de tecnologia para o segmento logístico. Por meio do desenvolvimento de soluções que utilizam de inteligência artificial, machine learning a big data, essas empresas buscam solucionar desafios e sanar dores que existem nas grandes operações logísticas. 

Como, por exemplo, a falta de segurança no transporte de cargas, que ficam sujeitas a roubos e entre e danos mecânicos causados muitas vezes pela precária malha viária do país, irregularidades nas documentações de veículos, a confiança escassa em uma mão de obra pouco qualificada para realizar entregas e processos ainda burocráticos e pouco digitalizados.

A partir do relatório do Distrito, citado acima, é visível para o mercado como um todo a forma com que essas empresas estão mudando para melhor negócios, processos e operações logísticas, e o seu potencial. Os números do relatório revelam essa percepção do mercado, a categoria de Entregas foi a que mais recebeu investimentos, totalizando US$ 911,1 milhões no total, seguido por  Logística Reversa com US$ 265 milhões, e  por fim, Marketplace de Frente com US$ 202,7 milhões.

Qual a diferença entre as LogTechs e empresas de logística convencionais?

Empresas de logística convencionais são responsáveis por todos os processos, métodos e atividades que envolvem a gestão do transporte, desde o armazenamento e estoque, previsão das demandas, definição e estratégia de rotas, tempo de entrega e gerenciamento das frotas de veículos e redes de distribuição.  

Leia também: Gestão de frotas: como otimizar a validação de veículos com a idwall

As logtechs atuam nesse cenário como facilitadoras das atividades logísticas do dia a dia dessas empresas, com soluções e plataformas que atuam otimizando os desafios da área. Por exemplo, algumas empresas não possuem uma frota própria de caminhões para realizar seus transportes, nesse cenário, logtechs atuam conectando empresas e suas cargas a caminhoneiros autônomos que buscavam fretes compatíveis com seus veículos.

Ou seja, nesse caso as logtechs atuam conectando caminhoneiros à fretes de transportadoras, indústria e entre outros. Outro exemplo de como as logtechs atuam são os modelos de entrega de produtos com origem de compras realizadas em marketplaces e e-commerces de forma rápida, garantindo entregas em um prazo menor do que o formato de entrega convencional. 

Por fim, as logtechs atuam, por meio de tecnologia e inovação, em todas as áreas da logística como armazenagem, atendimento, transporte, frotas e entre outros, de forma otimizada e com menor custo para as organizações. 

Como as tecnologias estão revolucionando o mercado de logística?

As empresas que operam no mercado de transporte de cargas e logística enfrentam diversos riscos no andamento de suas operações cotidianas e, conforme falamos acima, a tecnologia se tornou uma grande aliada dessas empresas nesse contexto. 

Gerenciamento de riscos

Utilizando tecnologias como big data para uma análise mais estratégica dos dados de uma operação logística, é possível acelerar o processo de tomada de decisão no dia a dia da organização, atividade que faz parte do conjunto de ações que envolvem o gerenciamento de risco nessas empresas. 

Para identificar lacunas no processo, falhas e até mesmo ameaças que podem causar grandes prejuízos financeiros a empresa, a gestão de risco, com o apoio de sistemas tecnológicos que reforçam as técnicas de análise, é uma estratégia que diminui e até mesmo pode acabar com as incidências de crimes como o roubo de carga e golpes por fraudes, por exemplo. 

Leia também: Como consultar placa de veículo e outras informações de forma rápida e efetiva?

Redução de custos

O roubo de cargas ainda é uma realidade no Brasil. Em 2021, o número de roubos aumentou em 1,7% comparado a 2020, totalizando 14.400, segundo a pesquisa realizada pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística). 

O levantamento aponta ainda que o prejuízo pelas cargas roubadas no país chegou a aproximadamente R$ 1.270 bilhões. Seja por parte de colaboradores internos que compartilham informações confidenciais, ou até mesmo por conta de golpistas que aplicam técnicas de engenharia social para acessar os dados confidenciais dessas empresas, e outras inúmeras falhas de segurança nas bases de dados. 

Tendo em vista esses acontecimentos, a importância de agir de forma preventiva para a proteção do negócio é reforçada, e nesse ponto, a tecnologia atua como uma camada a mais de segurança para as empresas. 

Maior confiança e segurança

A partir da utilização de soluções tecnológicas as empresas conseguem verificar os dados dos motoristas por meio de processos como o de background check, por exemplo, realizando a checagem dos dados informados e também a consulta de processos judiciais e administrativos, listas restritivas, entre outros a respeito também de colaboradores, parceiros, fornecedores, etc.

Outra preocupação das transportadoras é em relação à própria frota, visto que precisam assegurar que todos os veículos estejam devidamente regularizados e aptos a circularem. Caso contrário, além de enfrentar problemas judiciais frente às medidas regulatórias do setor, as organizações também ficarão sujeitas a multas e punições.

Além disso, existem outras soluções tecnológicas disponíveis no mercado que oferecem às empresas a possibilidade de mapear as melhores rotas para o transporte de cargas complexas e assim, certificar de que a carga transportada chegará ao seu destino em segurança. 

Automação de processos

Tendo em vista a grande quantidade de informações e análise de dados necessárias, as consultas realizadas para validar todas as informações de que as empresas logísticas precisam de forma manual pode ser um processo demorado. 

A automação dos processos, como a de validação de dados, permite que a sua operação execute uma gestão de risco com análises mais complexas que fortalecem a segurança e a integridade do negócio. Portanto, ferramentas tecnológicas que automatizam e otimizam essas atividades, aumentam também a produtividade das etapas do processo logístico, simplificando processos burocráticos. 

No caso das logtechs, são inúmeros os benefícios que trouxeram para o mercado logístico como a conexão entre veículos, motoristas e cargas, automação de processos, localização em tempo real de frotas, cálculo de rotas e entre outros. Conforme a tecnologia avança, novas oportunidades se abrem no mercado para que essas empresas continuem crescendo.

Leia também: O que verificar no cadastro de motoristas?

Para conciliar uma gestão de risco segura e eficaz com agilidade e escalabilidade, as soluções de validação de identidade e de veículos da idwall oferecem consultas automatizadas e resultados mais assertivos para o setor de transporte e logística. Conheça as nossas soluções, converse com os nossos especialistas: 

Related Posts

Loading Facebook Comments ...