Home OutrosMercado Onboarding lento pode fazer bancos perderem $22 bilhões nos próximos cinco anos

Onboarding lento pode fazer bancos perderem $22 bilhões nos próximos cinco anos

by Karina Menezes
prejuízo de bancos com onboarding lento pode chegar a $22 bilhões

Nos próximos cinco anos, os bancos podem perder até $22 bilhões devido ao onboarding lento e processos manuais – considerando apenas as perdas individuais, cada instituição financeira pode ter prejuízos que chegam na casa dos $4,5 bilhões, caso não atualizem as suas tecnologias para agilizar o procedimento. Os dados são da Fenergo, fornecedora de software para o gerenciamento do ciclo de onboarding. 

Segundo a Fenergo, os bancos já perderam $3,3 trilhões por abandono de cadastro somente no ano de 2018. A mesma pesquisa apontou que, entre as instituições entrevistadas, o tempo de onboarding aumentou em 3 semanas no último ano. Caso esse ritmo continue crescente nos próximos cinco anos, novos clientes podem enfrentar até 15 semanas de espera ao escolherem um banco. 

Para chegar nesses resultados, foram entrevistados 500 decisores seniores de bancos da América do Norte, Europa, Oriente Médio, África e da região correspondente a Ásia-Pacífico. Entre os respondentes, 78% deles disseram ter perdido clientes para bancos disruptivos e digital-first, e 92% dos CEOs reconhecem que precisam mudar suas estratégias para competir com os challenger banks. 

Apesar disso, 18% ainda confiam em processos manuais para realizar o seu onboarding, como ligações telefônicas, e-mails e até mesmo reuniões presenciais. 14% também apontaram que envolvem cerca 20 pessoas em processos de onboarding de clientes mais complexos, e 15% chegam a entrar em contato com novos clientes de 10 a 15 vezes para solicitar dados e outras documentações necessárias para o KYC

Segundo os bancos, as crescentes regulamentações são as principais responsáveis pelo aumento da demora no processo de onboarding – e, também, a prioridade na lista de preocupações e desafios das instituições entrevistadas, sujeitas a pesadas multas e danos à reputação, caso não estejam em compliance com as principais leis de seu mercado. 

Um outro agravante é a entrada de concorrentes digitais na disputa de market share, oferecendo processos de onboarding ágeis que aumentam as expectativas do consumidor em relação ao tempo que esperam ter seu cadastro aprovado – de acordo com o segundo ranking de onboarding divulgado pela idwall, 82% dos usuários entrevistados esperam ser aprovados em até 4 horas, e aproximadamente 40% deles não chegam a finalizar o procedimento. 

Sabendo da importância para os bancos em manter o ritmo acelerado de inovação e atender aos compliances regulatórios, a idwall oferece soluções automatizadas de onboarding para processos de KYC e cumprimento de medidas AML. Entre em contato com os nossos especialistas por meio do formulário abaixo para saber mais: 

Related Posts

Loading Facebook Comments ...