Home OutrosMercado Financeiro Modelagem de risco de crédito: o que é?

Modelagem de risco de crédito: o que é?

by Nathalia Paz
modelagem-de-risco-de-credito

Já falamos aqui no blog sobre a modelagem de risco, que é o mapeamento utilizado pelas empresas para identificar os possíveis riscos que as instituições possam enfrentar. Entender os riscos que uma organização corre é essencial para a sobrevivência do negócio.

Cada setor tem suas especificidades e, com isso, sua modelagem deve estar de acordo com suas características. Entretanto, há algumas formas mais comuns no âmbito corporativo, como a modelagem do risco de crédito. Para saber mais sobre o tema, continue a leitura.

O que é risco de crédito?

O risco de crédito nada mais é do que a possibilidade de inadimplência que pode ocorrer em uma transação financeira. Quando uma pessoa ou empresa se dirige ao banco — para a tomada de um empréstimo, por exemplo —, antes de concedê-lo, a instituição faz uma análise do perfil do candidato e seu risco para o banco.

Para fazer essa análise de risco, a organização verifica se o tomador sempre honrou seus compromissos no mercado ou se em algum momento deixou de pagar suas dívidas.

Qual a importância de fazer a modelagem do risco de crédito?

Uma das grandes vantagens de analisar o risco de crédito é a identificação dos possíveis inadimplentes e, com isso, a salvaguarda das instituições. Empréstimos com alto risco podem resultar em taxa de juros mais altas, por exemplo, enquanto os de baixa levam a taxas menores. Com isso, as organizações criam reservas e se preparam caso os compromissos não sejam honrados pelos tomadores.

Como fazer a classificação do risco de crédito?

Dentro da modelagem de risco de crédito, existem duas categorias:

  • Risco de primeira classe: a classificação do risco é maior, ou seja, o risco de inadimplência é alto. Dessa maneira, exige-se maiores garantias, como imóveis.
  • Risco de segunda classe: os riscos são menores e não costuma-se pedir garantias em troca.

Como minimizar o risco de crédito?

Uma das maneiras mais eficientes de minimizar os riscos de crédito é analisar os dados do cliente, observando seu histórico e hábitos de pagamento.

Vale ressaltar que a presença do risco de crédito é inerente a qualquer operação. Tendo isso em mente, as empresas e instituições devem se precaver e aplicar em seus processos a gestão de análise de riscos.

Em um procedimento de análise de riscos eficiente, também é necessário fazer a correta identificação de clientes, fornecedores e parceiros. A idwall pode ajudar a sua empresa a automatizar essa etapa por meio de soluções de OCR, face match e background check. Entre em contato com os nossos especialistas para saber mais:

Related Posts

Loading Facebook Comments ...