Home Outros O que é Face Match e como funciona?

O que é Face Match e como funciona?

by Fabiana Lima
o que é face match

A validação de identidade exige um processo robusto com algumas etapas que vão confirmar, com o máximo de acurácia, que a pessoa é ela mesma. Um dos procedimentos usados para atingir tais objetivos é o Face Match. Mas você já ouviu falar sobre esse recurso, sabe o que é Face Match e como ele funciona na prática?

De maneira básica, uma solução de Face Match é capaz de avaliar se o rosto na imagem do documento é o mesmo da pessoa que está fazendo o processo de onboarding. Isso é possível mesmo que a foto não seja tão recente. 

Ou seja, é uma ferramenta importante para a verificação da identidade, garantindo que o usuário do seu serviço ou aplicativo, seja um cliente, colaborador, fornecedor ou outro stakeholder, é ele mesmo. Vale lembrar que essa validação é necessária em diversas situações, como por exemplo para:

  • Abrir conta bancária;
  • Solicitar empréstimo;
  • Autenticar um pagamento;
  • Realizar prova de vida;
  • Obter benefícios sociais;
  • Fazer cadastros em empresas e lojas dos mais variados segmentos;
  • Entre outros.

Assim, fica claro que a solução ajuda a evitar possíveis fraudes, como no caso de uma pessoa se passar por outra, a fim de praticar golpes. 

Até porque as organizações enfrentam cada vez mais desafios e adversidades para escapar desse tipo de situação. Em 2020, por exemplo, as tentativas de fraude de identidade aumentaram em 80%, segundo dados da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). 

Todo esse cenário de golpes pode gerar prejuízos financeiros para as empresas, transtornos para os clientes afetados e ainda afetar negativamente a imagem da marca. De acordo com o estudo “2021 – Identity Fraud Study”, o impacto financeiro por fraudes de identidade chegou a US$ 43 bilhões no mundo em 2020.

A seguir, entenda melhor o que é Face Match, seu funcionamento, benefícios e como implementar na prática!

Leia também: Onboarding digital: tenha perfis fortes de clientes e evite fraudes

O que é o Face Match?

O Face Match é uma tecnologia de reconhecimento facial utilizada na identificação de pessoas. Por meio de inteligência artificial, essa solução é capaz de capturar a foto do indivíduo e analisar, com base nas imagens do seu banco de dados, os traços e pontos que o rosto da pessoa tem em comum com os da imagem.

Hoje, essa ferramenta tecnológica é empregada por cada vez mais empresas por oferecer mais agilidade e segurança no processo de cadastro de usuário. 

Inclusive, outros mecanismos já usam a parte de reconhecimento facial para identificar as pessoas, como os próprios smartphones, redes sociais, caixas eletrônicos e outros, dando acesso somente quando o reconhecimento indica que a pessoa é ela mesma. Até mesmo órgãos públicos e aeroportos estão usando a tecnologia para verificação das pessoas em sistemas.

No âmbito corporativo, uma pesquisa realizada pela IDC mostrou que, no Brasil, por exemplo, na média, 25% das empresas de grande porte já têm aplicado projetos baseados em inteligência artificial ou relacionados com reconhecimento facial.

Além disso, outro estudo do MarketsandMarkets estima que este mercado deve atingir US$ 8,5 bilhões até 2025, com uma taxa de crescimento anual de 17,2% ano a ano desde 2020.

E, para completar o cenário de crescimento e evolução dessa tecnologia, o uso da biometria facial para autenticação de pagamentos deve superar 1,4 bilhão de usuários em todo o mundo até 2025, segundo levantamento da Juniper Research.

Leia também: Como a inteligência artificial ajuda a combater os crimes cibernéticos

Como a tecnologia do Face Match funciona?

A solução de Face Match utiliza os mecanismos comumente aplicados nos diferentes tipos de identificação biométrica. Então, assim como na validação de impressão digital, por exemplo, o Face Match mapeia as características do rosto do indivíduo. Em seguida, utiliza um conjunto de algoritmos para comparar as imagens obtidas no banco de dados com a imagem do rosto da pessoa.

O passo a passo da tecnologia funciona da seguinte maneira:

  • Captura da imagem;
  • Determinação da localização dos olhos e dos pontos nodais;
  • Conversão da imagem em um modelo para comparação facial;
  • Pesquisa da imagem e combinação usando algoritmos;
  • No caso de suspeitas, detecção e investigação de possíveis fraudes;
  • Se a combinação der ok, a imagem é aprovada.

Saiba mais: Brasileiros confiam em soluções de biometria, aponta pesquisa

E como aplicar essa solução no onboarding das empresas?

Acima, ficou claro como acontece o processo de reconhecimento facial por parte do Face Match. Mas a pergunta que, certamente, as empresas devem se fazer é: como a solução funciona dentro dos cadastros de novos usuários. Vamos lá!

Na operação de onboarding de novos usuários, por exemplo, a tecnologia atua assim:

  • O usuário captura a imagem de seus documentos (RG, CPF ou CNH);
  • Na sequência, a pessoa envia a foto do documento pelo sistema;
  • O próximo passo é necessário que o usuário faça uma selfie;
  • Então, o sistema captura e armazena essas informações;
  • Depois, a ferramenta compara com a foto do documento para reportar se os rostos nas imagens enviadas são compatíveis;
  • Por fim, o sistema avisa se as imagens são compatíveis e verídicas ou se o usuário está reprovado e não poderá seguir com o cadastro na empresa. 

Para essa constatação, os algoritmos do Face Match dividem as imagens em pontos de pixels, mapeando toda a imagem do rosto para encontrar os pontos nodais, que são características que distinguem uma pessoa da outra.

É importante destacar aqui que o rosto tem cerca de 80 pontos nodais. Alguns deles são: formato do queixo, comprimento da linha da mandíbula, distância entre os olhos, largura do nariz, profundidade das órbitas oculares etc.

Dessa forma, com toda essa análise, é possível ter resultados mais precisos e de modo ágil, facilitando a experiência do usuário e mitigando o risco de fraudes.

Por que usar a tecnologia na sua empresa?

Dá para ver que o Face Match é uma ferramenta fundamental para os processos de validação de identidade. Isso porque uma verificação que confere apenas os dados informados no documento garante que as informações são verdadeiras e daquela pessoa. No entanto, não é capaz de certificar que a pessoa que está utilizando os documentos é de fato o seu titular. 

Então, empresas que precisam fazer validação de usuários têm um forte aliado no combate à fraude ao utilizar o Face Match. A validação feita pela ferramenta, combinada com outros recursos de verificação de identidade, aumenta a eficácia da análise. 

Por isso, é fundamental para as organizações adotarem a tecnologia. O que vai evitar que usuários capturem uma foto com o documento de outra pessoa na hora de fazer o cadastro.

Ou seja, a solução gera uma série de benefícios para os negócios como:

  • Maior automação no processo de validação de fotos dos usuários nos processos de cadastro, sem necessitar de verificação manual;
  • Agilidade na análise e aprovação, ou reprovação, da identificação da pessoa;
  • Diminuição de erros na avaliação e comprovação do usuário;
  • Maior qualidade no processo de onboarding;
  • Redução de custos, com equipe operacional para realizar a atividade de verificação manualmente, além da diminuição de potenciais prejuízos com possíveis fraudes e golpes;
  • Aumento na segurança da informação e proteção da instituição contra golpes.

Leia também: Por que implementar biometria nos processos de sua empresa?

Conheça o Face Match da idwall

Para te ajudar em todos esses objetivos de combate a fraudes e mitigação de riscos, é importante contar com uma tecnologia de Face Match eficiente, de qualidade e atualizada, como a disponibilizada pela idwall.

Além disso, somada à solução de Face Match, a idwall oferece ainda o Liveness. Esse recurso é utilizado como mais uma forma de validação para evitar fraudes de identidade por furto de documentos ou roubo de dados.

Com o Liveness, o usuário precisa fazer uma selfie do seu rosto em movimento (como se fosse um vídeo quase) para comprovar que há uma pessoa real por trás da imagem. Assim, a tecnologia impede que um criminoso tente capturar a imagem de uma foto durante o processo de Face Match.

Com isso, é possível garantir a proteção da sua empresa contra fraudes cada vez mais sofisticadas, como vemos por aí. Um exemplo, inclusive, diz respeito ao uso de documentos roubados ou de pessoas mortas, em que o criminoso substitui a foto original da identidade por uma dele. Então, só com a imagem capturada pelo Face Match, esse fraudador consegue burlar esse sistema. No entanto, o Liveness resolve essa pequena brecha, detectando a tentativa de fraude.

Quer saber mais sobre o Face Match e o Liveness da idwall e como eles podem aumentar a eficiência e a segurança nos processos de onboarding da sua empresa? Converse com nosso time de especialistas!

Related Posts

Loading Facebook Comments ...