Home OutrosMercado Financeiro O que é o Pix do Banco Central?

O que é o Pix do Banco Central?

by Fabiana Lima
pix-banco-central

O PIX é um meio de pagamento eletrônico, criado pelo Banco Central (BC), com o objetivo de simplificar a vida dos cidadãos. A solução permite o envio de transferências bancárias e pagamentos em qualquer hora e momento do dia, garantindo a compensação imediata.

Ou seja, com a implementação do PIX, que aconteceu em 16 de novembro de 2020, os usuários podem enviar e receber transferências entre todos os bancos. Tanto nos finais de semana e feriados, como também durante à noite. Continue a leitura e conheça melhor sobre esse novo serviço. 

O que é o PIX do Banco Central?

O PIX permite a transferência de valores em dinheiro em poucos segundos, em qualquer horário ou dia. A solução oferece praticidade, agilidade e segurança para as pessoas físicas e jurídicas que utilizam a internet para fazer suas transações bancárias. 

Para usar esse produto do Banco Central, no entanto, o usuário precisa ter uma conta corrente, conta poupança ou uma conta de pagamento pré-paga. A expectativa com relação a esse novo serviço é grande, o BC espera que o PIX permita:

Esse novo recurso de pagamento vai possibilitar a substituição de serviços como TED e DOC, que cobram taxas nos envios para outros bancos e têm limitações de horários. 

Quais são as diferenças entre o PIX e os outros serviços?

O objetivo do PIX é simplificar a vida das pessoas que precisam fazer transferências digitais. As transações podem ser substituídas pela solução do Banco Central. Veja as principais diferenças entre o PIX e outros serviços bancários:

  • pagamentos são realizados pelo smartphone; 
  • o destinatário recebe o valor em poucos segundos;
  • o recebedor é notificado que a transação foi realizada;
  • não é necessário saber onde a outra pessoa tem conta;
  • não tem limite de horário, nem de dia da semana, as transações podem ser realizadas a qualquer momento;
  • a transação é realizada por meio de uma Chave PIX, que pode ser um número de telefone ou CPF; 
  • os pagamentos por boleto são liquidados em tempo real e precisam apenas de um QR Code para serem realizadas;
  • não depende de maquininhas de cartão, as transações são realizadas pelo celular;
  • sem custos para pessoa física pagadora.

Todas essas características e diferenças fazem do PIX uma solução simples, ágil, segura e muito eficiente. Assim, pode eliminar as burocracias nos processos de transferências e pagamentos. 

Quem pode utilizar o PIX?

Todos os bancos devem estar adequados ao PIX. Dessa forma, será permitido transações entre pessoas, entre pessoas e estabelecimentos comerciais – inclusive comércio eletrônico, entre estabelecimentos, como empresas e fornecedores e transferências envolvendo entidades governamentais, como pagamento de impostos. 

Os clientes podem fazer transferências a partir de R$ 0,01 e não há limite máximo de valor. No entanto, cada instituição bancária pode estabelecer suas próprias regras, com objetivo de evitar fraudes, prevenir lavagem de dinheiro ou financiamento ao terrorismo. 

Como sempre falamos aqui no blog da idwall, a segurança é fundamental para promover relações de confiança entre empresas e seus clientes. Investir em soluções de validação de identidade é fundamental para que os bancos consigam operar com maior segurança. 

Quer saber como a idwall pode ajudar a sua instituição financeira a acompanhar essas mudanças, fale com os nossos especialistas pelo formulário abaixo.

Related Posts

Loading Facebook Comments ...