Home OutrosNotícias Fases do open banking: Programa completa 1 ano com mais de 230 milhões de interações

Fases do open banking: Programa completa 1 ano com mais de 230 milhões de interações

by Gabriel Duque
fases do open banking

Após um ano do processo de implementação, todas as fases do Open Banking já entraram em vigor e o programa completou mais de 231 milhões de interações para compartilhamento de dados. O levantamento foi divulgado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

Vale destacar que, neste primeiro ano, não houve problemas estruturais na operação de compartilhamento. Agora, a expectativa é de um crescimento acelerado em 2022, com maior conhecimento do público sobre o tema, que ainda possui muitas dúvidas, e maior engajamento de todos os envolvidos.

Mas o que é o Open Banking? 

Só para relembrar, o Open Banking é um projeto do Banco Central que abrange um conjunto de regras e tecnologias, a fim de permitir o compartilhamento de dados e serviços dos clientes entre instituições financeiras. Claro que, para isso, é necessário o consentimento do cliente (seja pessoa física ou jurídica).

O início da implementação das 4 fases do Open Banking foi em 1º de fevereiro de 2021 e sua conclusão ocorreu em 15 de dezembro do mesmo ano.

Com esse compartilhamento de dados, o objetivo do sistema é entregar mais facilidade para os consumidores, como por exemplo, juros mais baixos. Assim, é possível também aumentar a competitividade entre as instituições, fazendo com que elas forneçam melhores serviços.

Para se ter uma ideia do aumento de interações. O número de chamadas de API, isto é, de comunicações bem-sucedidas entre duas instituições para integração de dados, saltou de 12,7 milhões em novembro, para 84,4 milhões em dezembro e 96,3 milhões em janeiro.

Leia também: Banco Central regulamenta o Open Banking no Brasil

As 4 fases do Open Banking 

Para facilitar a evolução do programa, ele foi dividido em 4 etapas. Dessa forma, foi possível ir avançando, aos poucos, no compartilhamento de dados. Confira como foram as fases do Open Banking.

  • : o público pode acessar dados e as características sobre os produtos e serviços oferecidos pelas instituições, como por exemplo, tipos de contas, empréstimos e financiamentos;
  • : foi iniciado o compartilhamento de informações de cadastro de clientes entre as instituições, além do acesso a dados de movimentação e transações dos clientes, como contas, operações de crédito e cartões;
  • : os clientes terão acesso a serviços financeiros, como por exemplo, pagamentos e ofertas de crédito não apenas dentro dos canais das instituições, com as quais possui conta ativa. Com isso, é possível fazer transações por meio de aplicativos, agregadores de contas, carteiras digitais e outros;
  • :  na última fase, desde dezembro de 2021 e até março de 2022, estão sendo incluídas informações financeiras do usuário que envolvam câmbio, investimentos, seguros e previdência.

Na prática, a instituição recebe informações de cadastro, movimentação e outras dos clientes, podendo melhorar seus serviços e fazer propostas de crédito adequadas, por exemplo. Já o cliente pode comparar taxas e tarifas entre bancos, seguradoras, casas de câmbio e outros serviços financeiros.

Desafios do Open Banking

Depois da adoção das diferentes fases de Open Banking, o próximo passo é consolidar toda a estrutura de implantação e estabilizar as APIs (Interfaces de Programação de Aplicações). Dessa forma, novos produtos e serviços financeiros podem ser criados e disponibilizados aos clientes bancários.

Agora, em meio ao aumento de concorrência no segmento financeiro impulsionado também pelo Open Banking, para as instituições se destacarem, é fundamental contar com soluções que otimizam e aprimoram os processos internos, além de ajudar a reduzir fraudes e manter o compliance.

Leia também:

Open Banking: como prevenir fraudes com onboarding digital
Open Banking e LGPD: qual a relação?
Como gerar valor com o Open Banking?

A idwall é uma empresa que oferece soluções para onboarding digital mais rápido, seguro e ágil, como OCR, Face Match, background check e muito mais. Veja como podemos auxiliar o seu negócio a gerar mais valor com um processo de cadastro eficiente, mitigando fraudes e melhorando a experiência do usuário. 

Related Posts

Loading Facebook Comments ...