Home OutrosAnti-fraude Hackers criaram 500 mil contas de e-mails falsas a partir de vazamento de dados, diz estudo

Hackers criaram 500 mil contas de e-mails falsas a partir de vazamento de dados, diz estudo

by Laís Costa
vazamento de dados

Os frequentes casos de vazamento de dados dão a oportunidade perfeita para tentativa de fraude. Só em 2021, hackers criaram cerca de 500 mil contas falsas com e-mail vazados no Brasil – o que deu, em média, 3,7 tentativas de fraude online por minuto. 

E-mail é o caminho perfeito para os fraudadores, já que no endereço online contém muitas informações pessoais do usuário, como dados de pagamento, alterações de senha e dados cadastrais, por exemplo. 

Todas essas informações estão no Device Fraude Scan 2022, elaborado pela Allow Me. O estudo analisou 155,6 milhões de interações de usuários brasileiros em aplicativos e sites de diferentes segmentos do mercado para entender o comportamento dos fraudadores na internet. 

Outro ponto que o levantamento traz é que boa parte das fraudes realizadas no ambiente online no Brasil teve como alvo o setor financeiro. Programa de fidelidade, instituições bancárias tradicionais, fintechs, sistemas de avaliações online e criptomoedas, nessa ordem, foram os nichos mais impactados por ameaças. 

Cerca de 63,7% dessa ofensiva acontece no momento do login – seja em site ou aplicativo. Isso reflete o principal objetivo dos hackers: acessar contas de terceiros diretamente a partir de dados obtidos via engenharia social, phishing, restauro de senha ou vazamentos. 

As demais tentativas acontecem ou no momento de cadastro ou em transações financeiras, que, geralmente, é a etapa final. Diante desses dados, é importante que as empresas  tenham processos de prevenção à fraude e entendam cada ponto da jornada do usuário para prevenir esses possíveis vazamentos de dados. Continue a leitura e saiba como seu negócio pode redobrar a segurança dos dados dos seus clientes. 

Leia mais: Como o deepfake de phishing potencializa as fraudes?

O que é vazamento de dados?

O vazamento de dados é classificado como um crime cibernético, já que refere-se a ações de violação da integridade de informações pessoais de terceiros e invasão de sistemas. 

O crime se dá quando hackers disponibilizam dados pessoais, privados e confidenciais com cunho criminoso, seja com a finalidade de fraude de identidade, golpe ou para ameaças e extorsão às pessoas envolvidas. 

Os dados são obtidos através de uma invasão no banco de dados de um sistema, que disponibiliza aos hackers diferentes informações confidenciais, como: 

  • Dados privados da operação de empresas;
  • Informações de clientes e seus respectivos dados cadastrais;
  • Processos e contratos com parceiros; 
  • Dados bancários, senhas e cartões de crédito; 
  • Entre outras informações.

Todos os tipos de dados citados acima são classificados como sigilosos e, quando expostos, a ação se enquadra em crime conforme a Lei dos Crimes Cibernéticos. Por isso, podemos definir o vazamento de dados como um roubo sistemático de informações que acontece por meio de um ataque cibernético. 

Como acontece vazamento de dados?

Boa parte dos vazamentos ocorrem pela falta de segurança do banco de dados das empresas – que inclui vários fatores, como falta de autenticação de acesso até erros no site da empresa que passam despercebidos no dia a dia. 

Os hackers podem atacar servidores corporativos ou atuar de forma menos escalável, e, nesse último caso, envolve a tentativa de roubar os dados diretamente do usuário, através de formulários, phishing, entre outros métodos. 

Além disso, o objetivo do vazamento de dados são diversos: prejudicar a reputação de uma companhia, venda de dados ao mercado clandestino e, o mais comum: ações de cunho financeiro realizadas a partir de fraudes. Esse último é possível a partir dos dados de identificação do usuário, em que o criminoso consegue adquirir serviços financeiros, como cartões de crédito, financiamentos e empréstimos. 

Mesmo sem todos os dados, o hacker pode criar uma identidade falsa usando apenas o CPF da vítima, por exemplo – o que mostra que, a partir de um único dado, o fraudador consegue cometer qualquer fraude. 

Saiba mais: Roubo de identidade: conheça os tipos de fraude por personificação mais comuns

Quais ferramentas auxiliam a mitigar o vazamento de dados?

Cada vez mais as companhias devem apostar em ferramentas e soluções antifraude que auxiliem no combate a fraudes e a evitar algum vazamento de dados. Tanto para as empresas quanto para os seus clientes, essas medidas visam dobrar a camada de segurança durante o uso de dados no dia a dia. Confira três soluções da idwall que podem ajudar no combate à fraude.

Background Check

A verificação das informações faz parte de um processo chamado background check. Essa solução consulta dados de forma ágil e prática, buscando as informações essenciais de usuários, clientes, colaboradores, parceiros, prestadores de serviço e terceiros em fontes de dados – tanto para Pessoas Físicas quanto Jurídicas – que valida se os dados informados, são verídicos.

Reconhecimento Facial

A tecnologia de reconhecimento facial é importante na redução de fraudes por conta da comparação de uma selfie e a foto usada no documento durante o cadastramento ou o onboarding de clientes, é uma medida de garantia para a empresa de que o usuário é realmente quem diz ser.

Identidade Digital

Para evitar que seus documentos sejam roubados ou usurpados, uma identidade digital reúne seus principais documentos de identificação autenticados e outros em um só lugar, geralmente em aplicativos de celular com cibersegurança de ponta. O MeuID, primeira identidade digital do Brasil, é um aplicativo inovador e user-friendly, que centraliza e verifica a veracidade das informações fornecidas pelo usuário e permite que produtos e serviços sejam acessados com mais segurança, rapidez e praticidade. Assim, sua empresa pode oferecer um processo de cadastro sem complicações e com objetivo maior de mitigar fraudes. 

Além das soluções citadas acima, a  idwall conta com ferramentas ágeis e confiáveis para validação e verificação de dados e gerenciamento de risco. Converse com um de nossos especialistas e entenda como podemos ajudar o seu negócio!

Related Posts

Loading Facebook Comments ...