Home OutrosNotícias Moeda digital nacional: real digital deve ser lançado em 2024

Moeda digital nacional: real digital deve ser lançado em 2024

by Joyce Gonçalves

De acordo com Fábio Araújo, economista do Banco Central, foi divulgado no evento da Federação Brasileira de Bancos, Febraban que o lançamento do Real Digital ou a moeda digital nacional, deve acontecer em 2024, de acordo com o Banco do Brasil (BC) que está realizando o desenvolvimento. Entre 2023 e o início de 2024 é o momento de teste dos pilotos.

Segundo Fábio, a ideia principal era começar os testes no final de 2022, mas a greve atrasou o cronograma inicial, por isso, em 2023 e 2024 os pilotos vão rodar para que o lançamento aconteça no segundo semestre de 2024. 

Continue a leitura, para saber mais sobre a moeda digital nacional e o que é preciso ficar atento na operação de moedas digitais.

“Moeda digital é diferente de criptomoeda” 

Diferente do criptoativo, o Real Digital é uma versão do Real tradicional, mas de uma maneira moderna, sendo assim, uma forma do Banco Central atuar no mercado digital e trazer novas tecnologias para a população e fazer com que menos pessoas se exponham ao risco. 

É importante saber que a moeda digital além de ser garantida pelo Banco Central, vai trazer possibilidade de melhorias de processos já utilizados, como: contratos inteligentes, pagamentos entre países e uso de IoT (Internet das Coisas), ou seja, permite que todas as empresas e pessoas estejam mais conectadas ao mundo, podendo tomar decisões baseadas em dados em tempo real e com mais rapidez.

Leia também: Como vai funcionar o dólar digital?

Como será possível usar a moeda digital nacional?

Segundo o Banco Central, todas as pessoas interessadas em usar o Real Digital, vão precisar ter uma carteira virtual através de um agente autorizado, seja um Banco ou Instituição de pagamento para fazer o controle. No começo, a versão digital da moeda será usada apenas de forma adicional das células, mas poderá ser convertida para depósito bancário ou real físico. 

Quando falamos em ambiente jurídico, Fábio explica que essa é uma ferramenta que também lida com informações, assim, deve garantir a LGPD para garantir a privacidade e evitar e prevenir a lavagem de dinheiro, além de aderir todos os acordos internacionais.

Existe uma outra preocupação ao pensar na moeda digital nacional, e em relação a prover liquidez e crédito, que atualmente é algo muito forte no sistema bancário. Por isso, com a inserção do Real Digital, é preciso ficar atento a como seria feita a gestão de crédito nesse ambiente. 

Para o Banco Central, quando o ambiente de blockchain estiver disponível, os bancos também vão poder oferecer moedas privadas e por isso, todas as instituições financeiras precisam estar alinhadas. 

O que é preciso saber durante a operação de uma moeda digital?

Ao lançar um projeto de moeda digital, é necessário estar em compliance e seguir todos os processos de Anti-Money Laundering (AML) – ou, em português – Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD) para evitar problemas e estar de acordo com a legislação.

Por isso, para que uma empresa não tenha problemas, a idwall tem soluções como Background Check, Biometria Facial, entre outros. Para saber mais, entre em contato com um de nossos especialistas pelo formulário abaixo:

Related Posts

Loading Facebook Comments ...