Home OutrosBackground Check Background Screening x Background Check: quais as diferenças e quando usar cada um?
Background Screening

Background Screening x Background Check: quais as diferenças e quando usar cada um?

by Laís Costa

Ainda há muitas dúvidas sobre o que é Background Screening e o que é Background Check, porém um complementa o outro. 

O primeiro tem o objetivo de investigar o usuário, em que busca informações de clientes e fornecedores. Já o segundo vai além dos antecedentes, em que, a partir dos dados levantados, um dossiê é elaborado com as informações mais relevantes de acordo com o segmento da empŕesa que está fazendo esse levantamento, já que isso pode servir de base para diferentes ações e decisões do negócio. 

Continue a leitura e entenda melhor o que é cada ferramenta, como funcionam e como sua empresa.

O que é Background Screening?

O Background Screening atua no momento de investigação – no caso, antes do Background Check mas de maneira superficial. Aqui, esta ferramenta irá apurar as informações, mas não monitora a fundo como faz o Background Check.

Sendo assim, o Background Screening é ideal para companhias que precisam estar em conformidade com as normas de KYC (Know Your Customer), KYE (Know Your Employee), KYP (Know Your Partner), Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD) e Due Diligence. 

Entenda: O que é KYC, KYP e KYE?

O que é Background Check?

Após o levantamento do Background Screening, entra em ação o Background Check. A ferramenta tem a missão de checar as informações levantadas em fontes públicas e privadas de dados, com o objetivo de encontrar as informações e analisar sua veracidade.

Trata-se de uma medida de segurança a fim de avaliar e antecipar possíveis riscos ao se relacionar com determinado indivíduo ou outro negócio. Os objetivos ao adotar o background check variam de acordo com as estratégias do negócio, mas as finalidades mais comuns são:

  • Verificação da situação cadastral de pessoas físicas e jurídicas;
  • Reputação da pessoa física ou jurídica;
  • Prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo;
  • Avaliação de riscos de crédito para empresas do setor financeiro;
  • Busca por processos, antecedentes criminais e mandados de prisão;
  • Verificação de motoristas e motoboys para empresas do setor de transporte e mobilidade;
  • Enriquecimento de dados relacionados ao CPF ou CNPJ consultado.

O processo pode ser 100% automatizado: aqui na idwall, a nossa ferramenta tem acesso a mais de 250 fontes de dados para PF e PJ, em que a sua empresa pode buscar automaticamente informações essenciais sobre os usuários. Com isso, a etapa de onboarding digital torna-se ágil sem deixar de lado a segurança. 

Veja: Como reduzir erros na análise de documentos dos clientes no onboarding

Background Screening e Background Check: reduza riscos com mais informações

Ao automatizar os processos que envolvem Background Screening e Background Check, torna-se desnecessário a continuidade de processos manuais na consulta de dados, e, com isso, a sua empresa consegue se adequar às normas de Compliance – além de agilizar o cadastro dentro do processo de Onboarding

Além disso, o uso das duas ferramentas fornece ao seu negócio relatórios completos com rapidez e eficiência, garantindo processos mais ágeis e menos barreiras para ambas as partes.

Para que a sua operação tenha a segurança e eficiência desejada durante o processo de Background Screening e Background Check , apostar em uma única plataforma que auxilie na otimização de etapas durante o onboarding de usuários – além de promover uma experiência sem fricções –, é uma opção. Pensando nesse cenário, a idwall conta com uma plataforma em que sua equipe consegue orquestrar processos de validação de identidade, gerir possíveis riscos sem impactar na experiência do usuário e garantir que o Compliance da companhia esteja de acordo com as normas e regulamentações.

Para saber mais da nossa plataforma, entre em contato com a nossa equipe!

Related Posts

Loading Facebook Comments ...